Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

11 de jun de 2015

Agência de Rede para Juventude abre inscrições para novo ciclo de projetos - Os encontros acontecerão durante o segundo semestre e envolverão cerca de 380 jovens.


A Agência de Redes para Juventude começa mais um ciclo de desenvolvimento de projetos. De agosto a dezembro a ideia é reunir diversos jovens para participarem do programa e criarem ações que geram impacto em seus territórios. Ao todo serão criados 18 projetos, que receberão cada um, até R$10 mil para sua execução.
O recrutamento dos jovens acontecerá por meio de reuniões com moradores e instituições locais ou através da inscrição pelo site da Agência (www.agenciarj.org) até o dia a 31 de julho. Durante o ciclo os participantes ganharão uma bolsa de R$100.
Além dos participantes, também serão selecionados universitários, mediadores e tutores para participar dos grupos de estudo semanais para desenvolver os projetos, nos quais serão abordados possíveis ideias e projetos de vida cada jovem.
O papel do universitário será auxiliar na execução da metodologia dos grupos, pesquisar sobre a ideia do jovem, criar tutorias de estudos e levar novas referências. Os mediadores serão os interlocutores entre a metodologia e os jovens. Esse cargo pode ser preenchido artistas, educadores, oficineiros, mestrandos, doutorandos com experiência em processos artísticos ou educacionais. Já os tutores ficarão a frente dos projetos que já foram aprovados e estão em processo de execução, atuando como produtores e executores do projeto. 
Ambos podem se inscrever pelo e-mail agenciarj2015@gmail.com (o assunto do e-mail deve ser "Seleção Universitário" ou "Seleção Mediador/Tutor") até o dia 20 de julho e 5 de julho, respectivamente. Todos os jovens e universitários ganharão certificados de curso de extensão da Universidade de Londres.
As comunidades envolvidas serão: Centro (São Carlos, Fallet, Fogueteiro, Cantagalo, Pavão/Pavãozinho Borel, Salgueiro, Chapéu-Mangueira, Maguinhos e Complexo do Alemão), Cidade de Deus, Santa Cruz, Rocinha, Maré, Providência e Pavuna. A expectativa é que cerca de 380 jovens sejam envolvidos diretamente neste ciclo.

Sobre a Agência de Redes para Juventude
Idealizada por Marcus Vinícius Faustini, a Agência foi criada em 2011 e já teve mais de 60 projetos desenvolvidos e coordenados por jovens a partir da sua metodologia. Em 2012, a parceria da Agência foi premiada pela Fundação Calouste Gulbenkian, em Londres. O histórico de ativismo e a experiência da Agência renderam a Faustini o Prêmio Faz Diferença 2012, do jornal O Globo.

A Agência de Redes para Juventude, uma metodologia que estimula jovens de comunidades, periferias e subúrbios do Rio de Janeiro a criar projetos em prol de seus territórios, apresenta mais uma oportunidade para alavancar os projetos criados na área de cultura, esporte, sustentabilidade, saúde, entre outras áreas, a partir de sua metodologia.

Com patrocínio da Prefeitura e da Secretaria Municipal de Cultura, o programa proporciona ao jovem de periferia conexões e ferramentas para que possam atuar como agente transformador de seu território. Durante o processo, o participante mapeia territórios, busca parceiros e organiza as ferramentas disponíveis para que possa concretizar sua ideia pensando arte, cultura digital e a cidade no contexto do seu território e de sua vida. Ao fim de cada ciclo alguns projetos são selecionados e contemplados com uma verba de R$10 mil para desenvolvimento e implementação.

Descrições dos cargos:

Universitário
O papel de universitário é auxiliar na execução da metodologia durante todo o ciclo. Funções: Realizar grupos de estudo durante a semana, pesquisar sobre a ideia do jovem trazendo novos repertórios e referências, fazer reuniões com redes e parceiros e criar tutoriais de estudo. Além disso, habilidades em comunicação (fotografia, design gráfico, filmagem e edição de vídeos) são importantes para os setor de comunicação da Agência.
Para concorrer a essa vaga basta estar cursando qualquer faculdade, em qualquer período. Haverá certificação de curso de extensão com diplomas das universidades UFRJ e Londres.
Carga horária: 20h semanais.

Mediador
O papel do mediador é servir de interlocutor entre a metodologia e o jovem. Funções: Elaborar os estudos de criação semanais, utilizando os instrumentos da Agência, que dão base para a criação dos projetos de vida e das ações de impacto nos territórios. No perfil do mediador estão os artistas, educadores, oficineiros, mestrandos, doutorandos com experiência em processos artísticos e/ou educacionais.
Carga horária: 30h semanais.

Tutor
O tutor tem o papel de fazer a interlocução da metodologia, mas apenas com os projetos que já foram aprovados e estão em processo de execução. Funções: O tutor também trabalha como um produtor e executor do projeto, pensando como estabelecer parcerias dentro e fora do território para a consolidação do projeto na cidade.
Carga horária: 30h semanais.

Agenda Cultural RJ
Divulgamos espetáculos, shows, festivais, exposições e muito mais! 
Divulgação Cultural, Mídia Online, Distribuição de Filipetas e Colagem de Cartazes. 
(21)99676-9323 (WhatsApp) 

 agendaculturalrj@gmail.com 

 #agendaculturalrj

  Instagram

Digite aqui o seu e-mail e passe a receber a programação cultural GRATUITA do Rio de Janeiro

Minha lista de blogs